Melhor desistir!


a foto veio de Margot, the cat
Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue; outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho… o de mais nada fazer.
Clarice Lispector
(fiquei na dúvida se era dela mesmo, mas como diz bem o que sinto, fica sendo dela e meu.)
6 Responses
  1. Do amor nada se espera, ele vem quando quer, quem sabe dele?. Um abraço, Yayá.


  2. Eduardo P.L Says:

    Lindo e feminino varal!


  3. Luna Sanchez Says:

    Lembrei de uma canção bonita que diz :

    "Não traga tempestade
    Depois que o sol se pôr
    Nem venha com piedade
    Porque piedade não é amor"


    Lindo blog, parabéns!


  4. Também não sei se o texto é da Clarice, mas essa lucidez toda é muito parecida com a dela, não é?

    A foto ficou muito bem com o texto!

    Um beijo!


  5. san Says:

    Definitivamente, dados os tropeços no Português, o texto não pode ser da Clarice. A não ser que ela tivesse entornado umas margaritas, o que não deixa de ser louvável.

    No geral, a ideia me parece certa, porém o conselho inútil. Pela simples razão de que no amor não há lógica, não pode ser programado, acertado, reorganizado.

    O amor é, em si, nonsense.

    Guria, cadê você?
    Por que não me emailou pra gente marcar aquele café colonial???
    nervosa.san@gmail.com
    (beicinho)


  6. La Vanu Says:

    Oh San, que lástima...me fui antes de vc me responder mas de novo estarei aí. Em seguida.

    "no amor não há lógica, não pode ser programado, acertado, reorganizado." concordo, mas acho que quando vc desiste (ou seja, não se "obsessiona" mais por um amor), ele aparece redobrado, abre-se uma porta que antes estava bem fechada...deve ser duro abrir essa porta, mas acho que a recompensa é visivelmente brilhante.